Maestro

Mestre em Regência pela Universidade da Geórgia (EUA) e graduado na mesma área pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Manfredo Schmiedt participou de cursos de  regência na Alemanha, Holanda, Argentina, Estados Unidos e Brasil. Estudou com renomados maestros como Eleazar de Carvalho, Roberto Duarte, Ernani Aguiar, Arlindo Teixeira, Hans van Homberg, Helmut Rilling, Jean Fournet, Mark Cedel, Melinda O’Neal e Yoel Levi.

Em virtude de seu destacado desempenho acadêmico recebeu duas importantes condecorações nos Estados Unidos: Pi Kappa Lambda Music Honor Society e Director’s  Excellence Award. Foi regente convidado no High School Workshop promovido pela Universidade da Geórgia.

Obteve, em duas oportunidades, o primeiro lugar no Concurso Jovens Regentes promovido pela Ospa. Em sua experiência como regente de coros, destacam-se seus trabalhos com o Coro Sinfônico da Ospa, Coral 25 de Julho de Porto Alegre e Coro de Câmara Ars Vocalis.

Foi, durante dois anos, regente assistente da Orquestra Sinfônica da Universidade da Geórgia (EUA) e, durante quatro anos, assistente do maestro Isaac Karabtchevsky na Ospa.

Como regente convidado tem atuado à frente das seguintes orquestras: Orquestra Sinfônica do SODRE, Orquestra Filarmônica de Mendoza, Orquestra Sinfônica Provincial de Rosário, Orquestra Sinfônica da Universidade Nacional de San Juan, Orquestra Petrobrás Sinfônica, Orquestra da USP, Orquestra Filarmônica de São Caetano do Sul, Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas, Orquestra Filarmônica do Espírito Santo, Orquestra de Câmara da Ulbra, Orquestra de Câmara do Theatro São Pedro, Orquestra de Câmara SESI-Fundarte, Orquestra Filarmônica de Belgrado, Orquestra Sinfônica da Radio y Televisão e Albany Symphony Orchestra.

Manfredo Schmiedt atualmente é o regente titular e diretor artístico da Orquestra Sinfônica da Universidade de Caxias do Sul (UCS) e do Coro Sinfônico da Ospa.