Programa arquitetônico

Sala de Espetáculos

Capacidade total: 1.500 lugares
Plateia: 576 lugares
Coro Alto: 90 lugares
Coro Baixo: 87 lugares
Camarotes Nível Plateia: 84 lugares
Mezanino Nível 3.72: 197 lugares
Camarotes Nível 3.72: 110 lugares
Balcão Nível 3.72: 110 lugares
Mezanino Nível 8.15: 67 lugares
Balcão Nível 8.15: 112 lugares

Largura da Sala: 21,50m
Comprimento da Sala: 48,00m
Pé-direito: 17,50m
Dimensão do Palco: 15,00m x 21,50m
Cabine Som / Luz
Foyer Níveis Acesso, Plateia, Balcões

Áreas de Apoio Operacional

Camarins Individuais: 02
Camarins Coletivos: 05
Backstage, Coxia Lateral e Foyer dos Músicos
Sala Piano
Cabine Operacional
Depósito de Instrumentos, Cadeiras de Orquestra
Doca Carga e Descarga
Hall de Carga e Descarga

Áreas e Equipamentos de Apoio Geral

Bilheteria
Chapelaria
Loja
Terraço
Sanitários Femininos, Masculinos e PNE
Café, Restaurante e Bar
Elevadores para Público, Administrativo, Carga, Piano e Coro
Escadas para Público e de Emergência

Ensaios, Escolas, Estúdios e Especiais

Salas de Ensaio para Metais, Percussão, Cordas, Madeiras e Harpa
Sala de Ensaio Coletivo: 02
Salas para Prática Individual: 04
Piso Técnico
Musicoteca

Áreas de Apoio Administrativo

Presidência e Superintendência
Diretoria Artística
Sala do Maestro
Departamentos Administrativo e Financeiro, de Pessoal e Jurídico
Salas de Reuniões e Recepção
Áreas para Funcionários Sanitários/Copa/Vestiários

Reprografia

Estacionamento

375 vagas

Área Construída da Sala Sinfônica

1º Pavimento (N0 Foyer Acesso): 2.647,76 m²
2º Pavimento (N1 Foyer Plateia): 3.412,91 m²
3º Pavimento (N2 Foyer 1º Balcão): 2.428,00 m²
4º Pavimento (N3 Foyer 2º Balcão): 2.193,39 m²
5º Pavimento (N4 Espaço Multiuso): 2.144,77 m²
Área Total: 12.826,83 m²

4 comentários em “Programa arquitetônico”

  1. o programa do projeto está ótimo, parabéns, faço votos de fico pronto logo, para podermos usufruirmos com felicidades, abraço, Luciara

  2. Sergio Luiz Bassanesi disse:

    Lamento muitíssimo que não haverá fosso para orquestra, que o teatro não se prestará para operas, balés, cantatas e o mais.
    Será que teremos que construir ao lado uma casa de ópera, que terá seu fosso e sua própria orquestra?
    Porto Alegre ama e merece a OSPA, e muito mais!!

  3. Sergio Mota disse:

    O projeto está bem moderno e próprio para a apresentação da OSPA o que é muito bom para nós de Porto Alegre. Mas, confesso que esperava algo maior do que esse projeto e faço minhas as palavras de Sergio Luiz Bassanesi porque não se poderá assistir ali óperas porque não tem fosso. Poderiam ter aproveitado a chance e com apoio público complementar as verbas do Governo Federal e Estadual para dar de presente a nossa cidade de algo como a Sidney Opera House, em Sidney Australia construida em 1954 onde existe uma infraestrutura completa para aulas de ballet, de música, o teatro, área de lazer e de restauração e muito mais. Vejam: http://theoperahouseproject.com

  4. Gerson Ibias disse:

    Ah……e como sera o paisagismo do entorno?

    Nas fotos(renders) aqui do site nao mostram nada a respeito.
    Vao ter passeios, jardins floridos, fontes??
    …ou vao deixar aquele monte de arvores tapando o predio?

Comente